Como deixar seu website WordPress em vários idiomas

Como deixar seu website WordPress em vários idiomas

Como desenvolvedores de sites WordPress recebemos demandas de clientes que precisam que seus sites estejam disponíveis em outras línguas, como Inglês ou Espanhol.

Talvez em algum momento possa surgir essa necessidade em seu site pessoal ou do seu negócio também.

Porém o WordPress não suporta por padrão a criação de sites/blogs em vários idiomas. Por isso precisamos recorrer aos plugins de tradução para nos ajudar nessa tarefa.

Criar um site bilíngue ou multilíngue é uma tarefa grande e trabalhosa, por isso é bom que você escolha o melhor plugin desde o início.

Para ajudar você a tomar a melhor decisão, vamos explorar e comparar os mais populares e melhores plugins de tradução para WordPress.

Entretanto antes de irmos direto para análise dos plugins precisamos saber se você realmente precisa de um plugin multilíngue, e caso positivo, quais os critérios precisamos ter como base para definir qual é o melhor plugin para o seu caso.

Está com pressa? Se não tiver tempo de ler todo o artigo veja abaixo a tabela com as características de cada plugin e nossa recomendação final.

Resumo da nossa análise

TranslatePressWPMLPolylang
Interface de traduçãoFront-end do siteWordPress Back-endWordPress Back-end
Modo de traduçãoManual e automáticoManual e automáticoManual
Traduz todo conteúdo?5/55/54/5
Otimizado para SEO?SimSimSim
Versão gratuita?SimNãoSim
Versão PROA partir de $79 € eurosA partir de $29 dólaresA partir de $99 € euros

Nossa recomendação final como melhor plugin de tradução para o WordPress

Nossa recomendação na maioria dos casos, e o que usamos em grande parte dos projetos de nossos clientes, é o TranslatePress.

Ele é nossa principal escolha pois permite traduzir manualmente e/ou automaticamente de forma fácil e rápida, e é o mais fácil de usar e amigável para iniciantes.

É otimizado para SEO e também oferece um dos melhores desempenhos, duas preocupações importantes para um bom site.

O plano Personal do TranslatePress irá atender a grande maioria, porém a partir do plano Business eles oferecem alguns add-ons interessantes como funcionalidade para visualizar o conteúdo do site como se fosse outro usuário e detecção automática de idioma do usuário onde o plugin redireciona os visitantes para seu idioma de preferência baseado nas configurações do navegador do usuário ou sua localização (via IP).

Você precisa mesmo de um plugin multilingual?

Antes de falar sobre cada plugin precisamos esclarecer as diferenças entre os possíveis cenários e necessidades de traduzir o WordPress.

Basicamente existem 3 cenários diferentes onde você poderá precisar traduzir o WordPress:

  • Instalar ou alterar o idioma do WordPress
  • Traduzir algum tema ou plugin
  • Disponibilizar o site/blog em vários idiomas para seus visitantes

Instalar ou alterar o idioma do WordPress

Se você precisa somente exibir o “back-end”, a área administrativa, do WordPress no seu idioma preferido, você não precisa de um plugin multilingual.

A partir da versão 4.0, o WordPress permite escolher o idioma de sua preferência durante o processo de instalação.

E a partir da versão 4.1 você pode alterar o idioma diretamente na área administrativa a qualquer momento. Por exemplo se estiver no idioma padrão, inglês, basta você ir no menu em Settings > General > Site Language e escolher idioma que você quer na lista de idiomas disponíveis.

Traduzir um tema ou plugin

A grande maioria dos plugins e temas são escritos em inglês.

Se o plugin não tiver tradução para o seu idioma, as palavras e textos, as cadeias de caracteres (conhecidas como strings, que aparecem na área administrativa e/ou na “frente” do site) poderão estar em inglês.

Nesse caso você pode traduzir somente o tema ou determinado plugin.

Para que a tradução do tema ou plugin seja possível é necessário que o mesmo esteja preparado para tal, o que é conhecido como Internacionalização. Portanto Internacionalização é o processo de desenvolvimento do plugin para que ele possa ser facilmente traduzido para outros idiomas.

Já o processo subsequente de tradução de um plugin internacionalizado é conhecido como Localização.

Existem várias formas e ferramentas para traduzir um plugin ou tema não sendo necessário um plugin multilingual para isso.

Nesse caso recomendamos o plugin Loco Translate onde você consegue traduzir essas strings facilmente através da própria área administrativa do WordPress.

Exibir o site/blog em vários idiomas para os visitantes

Criar um site ou blog multilíngue é basicamente disponibilizar o conteúdo do site em mais de um idioma e deixar o visitante ou o próprio plugin escolher e alternar entre eles.

E é sobre esse caso que estamos tratando aqui nesse post.

Se esse for o seu caso continue para ver nossas análises dos melhores plugins e como deixar seu site em vários idiomas.

Como escolher um plugin de tradução para WordPress?

Antes de entrarmos na avaliação de cada plugin vamos ver os critérios que consideramos ao analisá-los e como isso pode ajudar na sua escolha.

Para cada plugin buscamos responder as seguintes perguntas fundamentais em um plugin multilingual:

  • Como o conteúdo é traduzido?
  • Em qual interface é feita a tradução?
  • Quanto do conteúdo o plugin permite traduzir?
  • A tradução é otimizada para buscadores (SEO)?
  • Quanto o plugin impacta na performance do seu site?

Como o conteúdo é traduzido?

Existem duas formas de você traduzir seu conteúdo: manual e automática.

Isto é, você planeja traduzir manualmente cada palavra (você ou um tradutor profissional)? Ou você prefere ter uma tradução automática através de um robô (como o Google Tradutor)?

A tradução manual garante precisão perfeita, mas é demorada se você fizer isso por conta própria e pode ser cara se você contratar um profissional.

A tradução automática economiza tempo e dinheiro, mas não é perfeita nem otimizada para SEO, portanto, você poderá ter erros, a menos que revise manualmente todas as traduções.

Em qual interface é feita a tradução?

Se for traduzir manualmente é muito importante saber em qual interface, ou seja, onde é feita a tradução, pois isso vai impactar a velocidade e seu desempenho na hora de traduzir.

Basicamente os plugins oferecem 3 interfaces de tradução:

  • Backend do WordPress (WPML e Polylang)
  • Frontend do site (TranslatePress)
  • Na interface externa do app ou sistema como por exemplo o Weglot oferece.

Cada interface vai atender melhor ou pior em situações diferentes dependendo da sua necessidade. Portanto não tem como a gente apontar qual é melhor para todos.

Por exemplo se você não tem muita experiência, for um usuário novato no WordPress, recomendamos o TranslatePress onde a tradução é feita diretamente no frontend do site e portanto será muito mais fácil você achar o que quer traduzir e ver o resultado em tempo real.

Quanto do conteúdo o plugin permite traduzir?

Há muito mais de conteúdo do seu site WordPress além do texto do seu post ou página.

Seu site tem outras palavras e textos a serem traduzidos como itens no menu, sidebar, widgets, conteúdos de plugins SEO, strings de temas e plugins, taxonomias, conteúdos criados usando construtores de páginas etc.

Portanto se quer uma tradução completa você precisa considerar quanto do conteúdo do seu site o plugin permite traduzir. E alguns plugins de tradução são melhores do que outros nesse requisito, facilitando a tradução de cada pedacinho do seu site.

A tradução é otimizada para buscadores (SEO)?

Se você deseja que seu site tenha uma boa classificação em todos os idiomas, verifique se o plugin cria uma versão indexável do seu site para cada tradução.

Você também deve ter certeza de que pode controlar slugs de URL, títulos e descrições de SEO para cada versão da tradução.

Quanto o plugin impacta na performance do seu site?

Por último mas não menos importante (não mesmo!), precisamos saber quanto que o plugin irá impactar na performance do seu site.

Nem precisamos mais dizer o quão é importante que seu site seja rápido e quanto isso irá beneficiar seu negócio em mais vendas e conversões.

Por isso muito importante saber qual o melhor plugin em performance e quanto irá impactar o carregamento do seu site.

Análise dos melhores plugins para criar seu site multilingual

Abaixo segue a lista dos melhores plugin para traduzir seu website.

WPML: O Grande Monstro

wpml-web

O WPML é possivelmente o Plugin para tradução de website mais consagrado. Criado por volta de 2007 ele teve por muitos anos uma versão gratuita. Hoje possui apenas uma versão paga.

É um produto muito maduro e diversos outros plugins e temas são compatíveis com ele. Se você possui um website corporativo que seja realmente grande e cheio de recurso, um e-commerce baseado em WordPress ou algo do tipo, vale a pena considerar o uso do WPML.

Pontos Positivos:

  • Produto maduro com diversos anos de desenvolvimento;
  • Dezenas de extensões e recursos extras;
  • Compatibilidade com vários plugins e temas;

Pontos Negativos

  • Não é gratuito
  • É um plugin com muitos recursos e pode deixar o website um pouco mais lento em alguns casos

Polylang: Equilíbrio entre tamanho e funcionalidades

plylang-banner

O Polylang é um pouco mais simples do que o WPML, mas ainda é muito poderoso. Com ele você pode criar automaticamente outras páginas em outros idiomas e elas ficam associadas à página original.  Também possui uma versão PRO

Pontos Positivos

  • Mais “leve” do que o WPML;
  • Versão gratuita atende à maioria dos casos;
  • Mantém tradução em página separadas;

Pontos Negativos

  • Menos recursos do que o WPML;
  • Para traduzir “strings” do tema é preciso usar outro plugin;

Indo além

Alés das opções anteriores talvez você se interesse pelos plugins a seguir.

MultilingualPress: Opção Robusta e gratuita

banner-multilingualpress

O MultilingualPress tem uma abordagem totalmente diferente dos anteriores. Para utilizá-lo você precisa ter o WordPress instalado no modo multisites pois ele cria um website novo para cada idioma utilizado. Apesar de elevar o nível de complexidade, pode ser a melhor opção caso você possua um grande website que precisar ser realmente pensado em cada idioma e também possui uma equipe para traduzir todo o seu website.

Pontos positivos

  • Totalmente gratuito (a versão PRO só te dá suporte, mas as funcionalidades são as mesmas);
  • Extremamente robusto e utilizado por grandes empresas;

Pontos negativos

  • O WordPress precisa ser/estar instalado na versão multisite (MU);
  • Nível de complexidade um pouco mais alta;

Loco Translate: Traduzindo seu tema e plugins

banner-loco

Depois de configurar seu site para funcionar como multilingual você pode querer traduzir seu tema e plugins. O Loco Translate permite que você edite arquivos .PO diretamente do WordPress, o que facilita muito!

Conclusão

Você pode querer testar as diferentes opções antes de selecionar aquela que melhor lhe atende. Particularmente o que geralmente uso para meus clientes é uma combinação do Polylang + Loco Translate.

Boas traduções!

Rolar para cima